Férias de verão

Se vocês têm filhos em idade escolar, eu te dou um conselho além do uso do filtro solar: Programem-se para as tais férias de verão!!! (música dramática ao fundo)

Três meses sem aulas. Para as crianças e os jovens passam a correr. Os adultos terão outra noção do tempo…

Esse ano começou dia 22 de Junho e terminará em 11 de Setembro.

É tenso! É interminável! Deveria ser um período de descanso, mas é um caos!

E, nas famílias, os obstáculos começam aqui: os pais têm cada um entre 22 a 25 dias de férias por ano (4 a 5 semanas), um filho em idade escolar tem mais de 11 semanas de férias só no Verão.

Haja ATL (colônia de férias), haja praia, haja parques e passeios. Quando você acha que já fez de tudo, ainda restarão muitos dias pela frente.

E isso tudo acontece embaixo de um sol de rachar e altíssima temporada na Europa, ou seja, preços de hotéis na estratosfera e sítios de todos os tipos lotados de turistas.

Portanto, programem-se na medida do possível e rezem. Reforçar no suco de maracujá também é uma opção. Tudo é opção, mesmo aquela que você nunca achou que fosse recorrer.

Se deixar os miúdos no tablet é totalmente contra os seus princípios, procure abrir a sua mente a imaginar que uma ou duas horinhas por dia afinal de contas pode não ser tão mal assim.

O dia mais feliz da sua vida vai ser o de ‘Volta às aulas’, acredite. Dar aquele beijo de despedida na porta da sala de aula será libertador.

Boa sorte e boas férias (o que ainda resta)! Procure sobreviver, cada dia um dia.

Anúncios

A busca por um lugar pra chamar de nosso

Tínhamos o apartamento do Airbnb alugado por 15 dias apenas; precisávamos encontrar um apartamento mais definitvo muito rápido.

Sabíamos que queríamos morar no Parque das Nações pois a escolha da creche das nossas filhas foi a primeira das decisões tomadas e morar perto

Começamos por tentar visitar os imóveis que já tínhamos visto pela Internet ainda no Brasil e tiro n´água. Já haviam sido alugados.

Foram 15 dias de turismo leve, burocracia pesada e muita busca nos principais sites de imobiliárias de Portugal:

Ah! Nem o bom e velho OLX ficou de fora, tá?

Visitamos aproximadamente 6 imóveis, todos na área desejada. Alguns T2 e alguns T3 (T# é o numero de quartos).

Não fechamos um que havíamos gostado muito por total falta de conhecimento. O proprietário pedia contrato de 2 anos e como nós ainda não sabíamos por quanto tempo iríamos ficar em Portugal, achamos complicado nos comprometer com um período mais extenso. Sendo que fomos descobrir depois, que por lei, é obrigatório cumprir apenas 2/3 do contrato.

Outro detalhe é que estávamos buscando um apartamento mobilado (é sem o H mesmo, não foi erro de digitação)

No fim das contas, achamos um apartamento de primeira locação, sem mobília alguma. Ou seja, não tinha luz, água, calefação… (a empresa que cuida dessa parte no Parque das Nações é a Clima Espaço). Não tinha nem lâmpadas!

Precisávamos mandar ligar tudo! E isso, na semana entre Natal e Ano Novo.

Urgência total pra contactar todas as empresas de utilities e corre pra  fazer a festa do cartão de crédito no IKEA (amor eterno, amor verdadeiro). Todos os nossos móveis são da IKEA! Móveis e utensílios domésticos em geral.

E por fim, deu tudo certo! Graças à perspicácia de um marido prestativo e ao seu kit mágico de ferramentas (furadeira elétrica é vida!) rsrs

Dia 1o de Janeiro, tínhamos um teto com cama pra deitar, água no chuveiro, fogão funcionando a todo vapor e TV passando Netflix.

E foi assim que começou…

O avião pousou em terras portuguesas às 05:45 da manhã do dia 16 de dezembro de 2016 (há exatos 1 ano e 8 meses)

Trazíamos 7 malas grandes, uma caixa gigante com o iMac e todos os casacos que uma família carioca poderia ter acumulado nos últimos anos. Éramos nós 4 e minha querida sogra, a sempre bem disposta Vovó Tatá. Originalmente era pra ser uma viagem de férias apenas, mas isso é um assunto longo e fica para outro post.

Fazia frio e chovia. Tínhamos uma logística complicada pela frente: Carro alugado, mas pela quantidade excessiva de bagagem, tivemos que pegar um transfer com algumas poucas malas e deixar o carro mais livre para levar a tralha mais pesada.

Ainda estava escuro (7 da manhã no inverno, né) e tivemos que esperar quase 3 horas na porta do edifício onde tínhamos alugado um apartamento pelo AirBnb.

Pois é, mancada nossa mesmo! Havíamos marcado com a proprietária somente às 10 horas da manhã, não me pergunte o porquê… Frio, sono e cansaço definem.

Nao foi um bom começo, é verdade. Mas ainda estávamos animados e nada era suficiente pra destituir o nosso prazer de ali estar.

Assim foi o nosso começo na terrinha…